Bastantes pessoas escolhem isolar-se, incapazes de contactar com o exterior. Pode sentir-se assim, contudo, o luto já é muito difícil, mesmo quando acompanhado. Permita que o tempo o ajude e o leve a ajustar-se à nova realidade. Pondere antes de tomar qualquer decisão de fundo, enquanto se sentir fragilizado.

A melhor ajuda, para a superação da perda, vem das conversas com aqueles que lhe são próximos. Com o apoio destes, acabará por aceitar a convivência com o que lhe aconteceu.

Em paralelo, a criação de um diário privado onde expõe os seus sentimentos, pode ser, também, muito benéfico para o desenvolvimento do luto.

olharemfrente