Durante o luto, necessitamos de reduzir o ritmo e, pouco a pouco, abraçar os nossos sentimentos de perda e aceitar o apoio que nos oferecem.

Cuidar de si é essencial. Tem de permitir que a "ferida", provocada pela perda, comece a sarar. É através da busca pessoal, tempo e atenção que, durante a viagem pelo luto, encontramos sentido para retornar à nossa normalidade diária.

Ao falar com os outros sobre a sua perda e as memórias que tem da pessoa que nos deixa, pode partilhar a sua história e, assim, abrir caminho para a familiarização com a nova realidade.